segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Minas Gerais - Polícia Civil entra em greve

A Polícia Civil de Minas Gerais está trabalhando em escala mínima, nesta segunda-feira, atendendo apenas os flagrantes e os casos de urgência. O motivo é a paralisação de 48 horas que a categoria faz para reivindicar melhores condições de trabalho e reajuste salarial.

Segundo o Sindicato dos Servidores da Polícia Civil de Minas Gerais (Sindipol/MG), se o governo do Estado não apresentar uma proposta atendendo as exigências, a categoria vai entrar em greve por tempo indeterminado a partir desta quarta-feira. A paralisação também atinge as unidades do Instituto Médico Legal (IML), que trabalham apenas com 30% da capacidade normal, o que vai causar atraso na liberação dos corpos.

O Governo de Minas Gerais ainda não se pronunciou sobre a paralisação. A Secretaria de Comunicação Social deve divulgar, ainda nesta segunda-feira, uma nota sobre o caso.

Na última quinta-feira, os policiais civis decidiram decretar greve e recusaram a proposta apresentada pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão do governo (Seplag), pois contemplaria apenas uma parte da categoria.

Fonte: Globo Minas

Um comentário:

claudio disse...

quer saber? a PC não para! essas manifestações me paracem mais "meninos pirracentos"......