quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

POLICIAIS: Bobinhos!!

Caros bobinhos,

Oh!Desculpe. Caros policiais,
Sabe aquelas noites dos dias 26/01 e 27/01 que vocês não dormiram para fazerem suas inscrições no PRONASCI? Sabe aquela alegria que tomou conta de milhares e milhares de policiais (200.000 babacas) em todo o Brasil, acreditando que, conforme prometido pelo governo, haveria um aumento do teto para recebimento do Bolsa Formação, passando de R$ 1700,00 para R$ 3200,00? ERA MENTIRA! Eles só estavam brincando com vocês! Só queriam ver vocês felizes pelos corredores dos quarteis e delegacias, brincando com os colegas, fazendo planos para pagar as prestações de suas casas, o imposto de suas motocicletas 150cc e o material escolar de seus filhos.
Mas, não fiquem tristes, ainda não acabou. Agora, vocês terão que fazer os curso do PRONASCI direitinho, tá! Amanhã, o governo precisa publicar que o PRONASCI formou 200.000 OTÁRIOS no 18º ciclo e que os problemas da Segurança Pública no Brasil estão resolvidos. Viu como é fácil? Você cumpre sua escala de serviço normalmente, vai para sua casa ou para um Telecentro fazer os cursos do PRONASCI após o expediente, não recebe a Bolsa Formação e tudo está resolvido. Como diz o ditado: malandro é malandro, mané é mané!!! Nessa história, vocês sabem o que nós somos.
Entretanto, ainda existe um esperança. Temos várias outras "esmolas" dos governantes disfarçadas de "bolsa isso" e "bolsa aquilo" vindo por aí. Vamos nos mobilizar e não aceitar mais uma "facada" dessas em nossas costas. Bobos não são aqueles que erram, mas sim aqueles que persistem no erro. Não acreditem mais nessas promessas falsas, não aceitem esmolas. Vamos lutar por um salário dígno, por algo certo. Vamos nos mobilizar para aprovar a PEC 300.
Não se sintam ofendidos, meus irmãos da segurança pública, eu também caí nessa estória. Sou um daqueles 200.000 bobinhos que não dormiu para fazer a inscrição. Também fiz planos e estava feliz, pena que acordei rápido demais! Era um sonho e acabou. Votemos à realidade.
Fonte: Enviada pelo Sd Virgulino

6 comentários:

Anônimo disse...

Adorei o texto, muito bom..Sou uma desses 200.000 bobinhos !

nereu disse...

Otário?!?!?!
Eu?!?!?!?!
É...
Também sou um dos 200.000 manés. Fzer o que? O negócio agora é gastar uns 30 paus para imprimir o material do meu curso, e esperar o grandioso "diploma" no final do ciclo.

Anônimo disse...

I Lost Playboy...hahahaa...

Lucas90 disse...

O correto é história e não "estória".

Max Dias disse...

Bom dia meu caro Lucas, segue abaixo a definição da palavra "estória" no contexto:

Estória é um neologismo proposto por João Ribeiro (membro da Academia Brasileira de Letras) em 1919, para designar, no campo do folclore, a narrativa popular, o conto tradicional.

Alguns consideram o termo arcaico, por ter sido encontrado também em textos antigos, quando a grafia história ainda não havia sido consolidada na língua portuguesa.

O termo acabou por não ter uma aceitação generalizada, não figurando nos dicionários portugueses e apenas em alguns brasileiros[3]. Apesar de ter sido usada na linguagem coloquial, o termo nunca figurou na norma culta.

O Dicionário Contemporâneo da Língua Portuguesa Caldas Aulete classifica o termo como brasileirismo, afirmando que a palavra foi proposta, mas deve ser usada a forma história.

Qualuqer dúvida a equipe Visões de um PM está a sua disposição.

Diego disse...

Que fora massa!!!

Antes de criticar, vamos dar uma estudada, caso contrário fica feio hehehehehhehehehehehe